DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE: PISE CERTO! PISE CONSCIENTE!

 

Você já parou para pensar que a forma como vivemos deixa marcas no meio ambiente? É isso mesmo, nossa caminhada pela Terra deixa “rastros”, “pegadas”, que podem ser maiores ou menores, dependendo de como caminhamos. De certa forma, essas pegadas dizem muito sobre quem somos!

Num momento em que a natureza se apresenta especialmente inquieta, com manifestações que cobram um preço alto em vidas, tais como furacões e enchentes devastadoras, deslizamentos letais, invernos glaciais, chegamos ao Dia Mundial do Meio Ambiente, chamando não somente à reflexão, mas, principalmente, à ação de todos em defesa da vida.

Todos temos como contribuir, direta ou indiretamente, para que as sociedades caminhem rumo à sustentabilidade e para que ocorra a harmonia entre o desenvolvimento socioeconômico e a conservação da natureza.

Num momento em que a natureza se apresenta especialmente inquieta, com manifestações que cobram um preço alto em vidas, tais como furacões e enchentes devastadoras, deslizamentos letais, invernos glaciais, chegamos ao Dia Mundial do Meio Ambiente, chamando não só à reflexão, mas, principalmente, à ação de todos em defesa da vida.

 

O DIA 05 DE JUNHO

Criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em 1972, o Dia Mundial do Meio Ambiente marcou a abertura da 1ª Conferência Mundial sobre Meio Ambiente, em Estocolmo, na Suécia.

Nessa Conferência, que ficou conhecida como Conferência de Estocolmo, iniciou-se uma mudança no modo de ver e tratar as questões ambientais ao redor do mundo, além de serem estabelecidos princípios para orientar a política ambiental em todo o planeta. Apesar do grande avanço que a Conferência representou, não podemos afirmar, no entanto, que todos os problemas foram resolvidos a partir daí.

No Brasil, somente a partir de 1974, iniciou-se um trabalho de preservação ambiental, através da Secretaria de Meio Ambiente de São Paulo, para levar à população informações acerca das responsabilidades de cada um diante da natureza.

Atualmente, é de conhecimento comum os impactos negativos da ação do homem sobre o meio ambiente. A destruição constante de habitats e a poluição de grandes áreas, por exemplo, são alguns dos pontos que exercem maior influência na sobrevivência de diversas espécies.

Apesar de serem conhecidos da população, muitos impactos merecem ser revistos, tanto pelos governantes, quanto pela população, para que ocorra uma verdadeira conscientização e a redução de seus efeitos. Se nada for feito, o consumo exagerado dos recursos e a perda constante de biodiversidade poderão alterar consideravelmente o modo como vivemos atualmente, comprometendo, inclusive, nossa sobrevivência.

 

A MUDANÇA COMEÇA POR VOCÊ!

Em razão da importância da conscientização e da dimensão do impacto gerado pelo homem, o Dia Mundial do Meio Ambiente é uma data que merece bastante destaque no calendário mundial.

Entretanto, não basta apenas plantar uma árvore ou separar o lixo nesse dia, é necessário que sejam desenvolvidas ações de grande impacto, que mostrem a necessidade de mudanças imediatas nos nossos hábitos de vida diários.

E, apesar de muitos acreditarem que a mudança deve acontecer em escala mundial e que apenas uma pessoa não consegue mudar o mundo, é fundamental que cada um faça a sua parte e que toda a sociedade reivindique o cumprimento das leis ambientais.

Todos devemos assumir uma postura de responsabilidade ambiental, pois só assim conseguiremos mudar o quadro atual.

Dê um passo de cada vez! Pequenas atitudes no dia a dia podem ter um impacto surpreendente quando somadas!

 

Posts

Entre em contato conosco whatsapp